play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
  • Home
  • keyboard_arrow_right Podcast
  • keyboard_arrow_right Destaque
  • keyboard_arrow_rightPodcasts
  • keyboard_arrow_right
  • keyboard_arrow_right Tá Na Nuvem 097 – Para que serve o Azure Lighthouse?
play_arrow

Podcast

Tá Na Nuvem 097 – Para que serve o Azure Lighthouse?

Vinícius Perrott 28 de fevereiro de 2020 1031 17 3


Background
share close

A dificuldade de gerenciar múltiplas assinaturas sempre esteve presente nos provedores, revendas e até mesmo para os clientes que possuem múltiplas assinaturas do Microsoft Azure. Saiba agora como esse problema pode ser resolvido com o Azure Lighthouse.

clique aqui e assine

Tá Na Nuvem!

Podemos considerar que a Computação em Nuvem não é a mesma coisa se compararmos aos primeiros serviços e ofertas disponíveis lá no início.

A gama de serviços evoluirão tanto nos últimos anos, que posso afirmar, se você não tiver ferramentas de apoios para controlar e realizar uma gestão eficiente a coisa toda vira um verdadeiro caos.

Uma das coisas que era muito complicado em gerenciar, era a tal de múltiplas assinaturas de Azure.

Não somente as assinaturas, mas também os tipos de contratos existentes.

Lembrando que existem alguns tipos de contratos para uso do Microsoft Azure sendo EA, CSP, pay-as-you-go, OPEN, entre outros.

Se você é um provedor ou revenda de serviços do Microsoft Azure sabe que gerenciar cada assinatura de seus clientes é algo muito trabalhosa e no final do dia, acaba consumindo muitas horas do seu time para praticamente pouco resultado efetivo.

A proposta do Azure Lighthouse é realmente ser um farol, mostrando o caminho entre a complexidade e a gestão efetiva das assinaturas e recursos dos seus clientes.

Caso você trabalhe em um ambiente com múltiplas assinaturas, como é o caso de alguns clientes que já entreguei projetos em Azure, o Azure Lighthouse também pode te ajudar nessa missão.

Na transcrição desse programa estão os links para acesso a documentação e passo a passo para configuração do Azure Lighthouse.

E se você está preocupado com custo, fique tranquilo que esse serviço não é cobrado, o que na verdade é cobrado são os serviços complementares caso seja usado como por exemplo o Log Analytics.

Meu nome é Vinicius Perrott do Papo Cloud e esse é o Tá Na Nuvem, acesse papo.cloud para esse e outros conteúdos.

E para o nosso último recado, se quiser participar do nosso grupo no Telegram, acesse http://bit.ly/papocloudtelegram
Veja outros podcast em https://www.papo.cloud/podcasts

clique aqui e assine

Music

Protótipo Imperfeito de Kuak Graxa está licenciada sob uma licença Creative Commons Attribution (https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/)

Artista: https://tanukitunes.com/channels/88dab8e6-ce9a-45be-a997-23142b1730e1/

Fontes:

Azure Lighthouse documentation

https://docs.microsoft.com/en-us/azure/lighthouse/

Preços Azure Lighthouse

https://azure.microsoft.com/en-us/pricing/details/azure-lighthouse/

Microsoft Azure Lighthouse Demo Recording

https://azure.microsoft.com/en-us/resources/videos/azure-lighthouse-demo-recording/

Integrar um cliente ao gerenciamento de recursos delegados do Azure

https://docs.microsoft.com/en-us/azure/lighthouse/how-to/onboard-customer

  • cover play_arrow

    Tá Na Nuvem 097 – Para que serve o Azure Lighthouse?
    Vinícius Perrott

Tagueado como: , , .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.