• Home
  • keyboard_arrow_right Podcast
  • keyboard_arrow_right Destaque
  • keyboard_arrow_rightPodcasts
  • keyboard_arrow_right
  • keyboard_arrow_right Tá Na Nuvem 123 – Não utilize a Cloud Computing para justificar seu projeto de qualquer forma
play_arrow

Podcast

Tá Na Nuvem 123 – Não utilize a Cloud Computing para justificar seu projeto de qualquer forma

Vinícius Perrott 3 de junho de 2020 3248 17 3


Background
share close

Você pode ter várias justificativas para utilizar Cloud Computing em seu projeto on-premises, mas todo cuidado é pouco ao querer fazer um DE/PARA de saber os devidos cuidados.

clique aqui e assine

Meu nome é Vinicius Perrott do Papo Cloud e esse é o Tá Na Nuvem

Participando de algumas LIVES, lembrei de alguns casos onde era comum os gestores de TI utilizar a computação em nuvem de forma totalmente desvirtuada.

Uma história em particular que me lembro, foi mais ou menos assim:

Um diretor de TI estava elaborando seu Business Case para a diretoria financeira.

“Business Case é uma apresentação ou resumo de um projeto a nível executivo, normalmente pautado em temas práticos e objetivos, tendo entre uma ou duas páginas.”

Em geral esses planos seguem um template de informações, contendo:

  • Apresentação do problema de negócio;
  • Descritivo da solução;
  • Ganhos diretos e indiretos;
  • Riscos e mitigações;
  • Valores financeiros, incluindo cronograma e formas de pagamento.

Esse é um modelo bastante comum, e os elementos citados, em geral são encontrados na maioria dos Casos de Negócios, mas é importante você entender que cada empresa e seu respectivo segmento de atuação pode possuir mais ou menos elementos.

Na transcrição desse episódio você vai encontrar um link para download do modelo base de Business Case que utilizo em meus projetos.

LINK

Fique atendo aos requisitos de negócios e seu modo de operação com a diretoria financeira.

O diretor de TI dessa história queria incorporar um elemento que pudesse valorizar mais ainda a sua justificativa do seu projeto.

Além de já ter calculado o TCO – Custo Total de Propriedade e o ROI – Retorno Sobre Investimento, ele desejava inserir um comparativo entre soluções.

O projeto era a aquisição de um novo datacenter on-premises e a solução que se desejava comparar era a Cloud Computing.

Só um parêntese aqui.

“Já é bem cansativo, para não dizer complicado, a comparação entre elemos iguais, mudando o fabricante ou o modelo do equipamento, seja ele um storage, switches, servidores e tantos outros itens que compõem um datacenter.

Esse DE/PARA tem uma lógica a ser seguida e não pode ser simplesmente dividir os equipamentos em duas colunas e ligar elementos da coluna A com a coluna B.

E comparar entre on-premises e cloud computing também, deve ser levado em consideração vários outros aspectos.”

Mas, voltando a história.

Depois de muitas reuniões, apresentação e levantamento, o diretor de TI acabou percebendo que não tinha todas as informações para complementar seu plano com a tal comparação.

Porém, ele seguiu com que tinha em mãos e o projeto do mais novo datacenter foi aprovado pelo diretor financeiro.

Então o tempo passou e chegou a hora de renovar o datacenter.

Uma das ações que é frequente na etapa de levantamento é promover o inventário do que tem instalado e o que está sendo utilizando, descobrindo assim o quando em média será necessário acrescer na nova configuração.

E foi nesse momento que observou que o datacenter ao longo dos seus 5 anos, teve um consumo médio de 55% da sua capacidade total.

Consegue imaginar a cara do gestor financeiro ao ler o percentual de 55% de utilização?

Na cabeça dele, ele faz uma conta mais o menos assim:

Se o projeto custou 10 milhões de reais e só utilizamos 55%, poderíamos ter economizado no mínimo 4 milhões.

Qual foi a primeira pergunta que ele fez?!

– E por que foi tão pouco utilizado esse ambiente?

A YnDATA vai fazer um check up de 10 itens do seu ambiente!

“Os dados da sua empresa estão guardados em um Banco de Dados SQL Server saudável?

Que não corre risco de falhas, perdas ou baixo desempenho?

A YNDATA, empresa especializada em banco de dados SQL Server tem uma oferta EXCLUSIVA para você ouvinte do Papo Cloud.

Envie um e-mail para [email protected] ou mande uma mensagem no Instagram do Papo Cloud e solicite GRATUITAMENTE um check up de 10 itens em seu banco.

Assim, você terá um ambiente seguro com o check up da YNDATA, especialista em SQL Server.”

Para mais conteúdos como este acesse papo.cloud

Não utilize de qualquer forma os métodos comparativos para justificar seu projeto de Cloud Computing, seja ele local ou em nuvem.
Cloud Computing pode ser mais econômica do que on-premises, mas isso vai depender diretamente de quem estiver calculando e quais são os seus interesses.

E para o nosso último recado, se quiser participar do nosso grupo no Telegram, acesse http://bit.ly/papocloudtelegram
Veja outros podcast em https://papo.cloud/series/

Projeto Cloud Computing clique aqui e assine

  • cover play_arrow

    Tá Na Nuvem 123 – Não utilize a Cloud Computing para justificar seu projeto de qualquer forma
    Vinícius Perrott

Tagueado como: , , , .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.