• Home
  • keyboard_arrow_right Podcast
  • keyboard_arrow_right Destaque
  • keyboard_arrow_rightPodcasts
  • keyboard_arrow_right
  • keyboard_arrow_right Tá Na Nuvem 157 – O foco deve ser na solução e não na tecnologia
play_arrow

Podcast

Tá Na Nuvem 157 – O foco deve ser na solução e não na tecnologia

Vinícius Perrott 21 de agosto de 2020 4155 17 3


Background
share close

Você passa horas estudando uma determinada ferramenta e ao longo do processo você acha que a ferramenta é a solução para um determinado problema. Existe um equívoco nesse seu método!

clique aqui e assine

 

Backup protegido de ransomware é com a Backup Garantido.

Existem tecnologias que utilizamos hoje que é uma evolução de tecnologias já existentes, um upgrade na verdade. E uma dessas tecnologias em questão é justamente da área de dados, mais especificamente em banco de dados, BI ou Data Warehouse.

Considerando uma roda de discussão com um determinado cliente, há quem defenda que Data Warehouse é a melhor solução para gerar os painéis de BI. Já quem defende que Data Lake seria uma solução como única. E já existe agora os defensores do Data Cloud Platform.

Mas, na verdade, o que é melhor para a organização? Data Warehouse (que vem lá da década de 80), Data Lake (que vem de mais ou menos de 2010) ou Data Cloud Platform (que é mais recente, entre 2019 e 2020)?

Qual tecnologia escolher?

Fica difícil a gente defender uma solução que seja melhor. O que a gente tem que levar em consideração é o que a empresa tem condições de implantar. Seja ela financeiramente e tecnicamente. Afinal de contas, eu vou precisar de skill, de know-how, dos meus analistas, da minha equipe de tecnologia e da minha área de negócio para poder compreender e potencializar o máximo aquela tecnologia. Data Warehouse, Data Lake ou Data Cloud Platform, não importa qual você tenha em mãos. Entenda qual o princípio básico do que você quer fazer com ela. 

Portanto, se você quiser fazer algo estratégico com essa tecnologia, tente usar o conceito mais fundamental da Informação que você quer extrair. O restante, se vai ser um SQL Server ou outro, não importa qual é a estratégia, claro, as ferramentas estão lá para nos potencializar e trazer insights, trazer velocidade, agilidade no dia a dia. 

Ferramentas, conhecimentos e a sua evolução

Cada ferramenta tem as suas habilidades e as suas qualidades únicas, e também os seus pontos fracos. Existe os seus comparativos, mas nunca defenda necessariamente uma tecnologia, defenda o potencial máximo que você pode extrair dela, independente do momento.

Uma coisa interessante, que a gente não pode descartar, são conhecimentos passados, conhecimentos adquiridos lá na década de 80. Na sua evolução, te ajudam muito a te dar insights. Se você é novo agora na jogada, que está entrando por exemplo no mercado de dados, é importante você estudar um pouquinho do que faziam antigamente. Mas entender o que você pode fazer agora com a ferramenta que você tem em mãos. 

Para você, como anda sua análise e a utilização das ferramentas na área de dados? Mais do mesmo? Década de 80? O que você tem defendido como projeto primordial na sua organização? Comenta lá no nosso grupo do Telegram.

Ansiedade

Veja este e outros podcast em https://papo.cloud/series/

Solução tecnologia

 

  • cover play_arrow

    Tá Na Nuvem 157 – O foco deve ser na solução e não na tecnologia
    Vinícius Perrott

Tagueado como: , , , .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Episódios relacionados
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.