• Home
  • keyboard_arrow_right Podcast
  • keyboard_arrow_right Destaque
  • keyboard_arrow_rightPodcasts
  • keyboard_arrow_right
  • keyboard_arrow_right Tá Na Nuvem 166 – O essencial de uma certificação
play_arrow

Podcast

Tá Na Nuvem 166 – O essencial de uma certificação

Vinícius Perrott 11 de setembro de 2020 4018 17 3


Background
share close
clique aqui e assine

“O essencial não é a certificação formal, mas o preenchimento dos requisitos necessários” (Trecho retirado em Linkedin da Carmina Hissa)

Onde está o seu essencial? Está na busca pelo conhecimento da certificação? Ou está na busca da certificação pelo conhecimento?

É bastante comum e repetitivo ao longo dos anos, que algumas empresas liberam alguns vouchers gratuitos para tirar suas certificações mais de entrada, certificações chamadas de fundamentos. Essas certificações tem como princípio fundamentar aquele conhecimento em um determinado mercado, seja da empresa ou de alguma tecnologia. 

Certificação: essencial para quem?

Isso é bom para todo mundo! Bom para empresas que estão precisando contratar profissionais com aquele conhecimento. Como também para profissionais que estão querendo se certificar mas por algum motivo não tem grana para pagar aquela prova. Assim como para a empresa detentora daquela tecnologia. Com isso, fecha-se essa tríplice entre mercado, profissionais e empresas produtoras.

Mas o que eu acabo observando muito é aquele movimento de manada: vamos tirar aquela certificação porque todo mundo está tirando. Ou porque o voucher está gratuito. Só que nesse movimento, acaba se deixando muita coisa para trás. Abandona-se os princípios do conhecimento. 

Estudar para uma prova, nem sempre é uma boa alternativa para você adquirir o conhecimento sobre aquela tecnologia. Você já parou para pensar nisso? Realmente, conhecer a tecnologia não necessariamente reflete o conteúdo da prova.

Conhecimento: para aprender ou para prova?

Ao longo da minha carreira, eu já tirei muita certificação com muito conhecimento. E sempre eu me encontrava em um paradoxo: o conteúdo que eu precisava aprender para a prova era muito diferente e em muitos casos não se aplicava ao meu ambiente de produção. Ou, no caso, o exercício que eu fazia com aquela tecnologia em um projeto ou em um cliente. 

Isso gerava (e ainda gera) um grande conflito. Aprender para saber ou aprender para aplicar o conhecimento em prova? São coisas diferentes.

Por exemplo, você estuda um trecho para a prova de certificação que envolve migração. Você trabalha com migração? Trabalha com atualização de ambientes? Ou trabalha com ambiente de operação? Entenda que o conteúdo que se pede em uma determinada prova é de conhecimento muito amplo. Não necessariamente vai refletir no seu dia a dia.

Mas e afinal, tirar ou não tirar uma certificação? Eis a questão! Comenta lá no no nosso grupo do Telegram! Lembrando que certificação sempre é importante! 

Ansiedade
  • cover play_arrow

    Tá Na Nuvem 166 – O essencial de uma certificação
    Vinícius Perrott

Tagueado como: , .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.