• Home
  • keyboard_arrow_right Podcast
  • keyboard_arrow_right Destaque
  • keyboard_arrow_rightPodcasts
  • keyboard_arrow_right
  • keyboard_arrow_right Tá Na Nuvem 167 – Vale a pena certificação de Windows Client?
play_arrow

Podcast

Tá Na Nuvem 167 – Vale a pena certificação de Windows Client?

Vinícius Perrott 14 de setembro de 2020 4099 17 3


Background
share close
clique aqui e assine

Você sabia que mais de 80% dos profissionais de TI na carreira Microsoft não possui ou não tem interesse em tirar certificação de Windows Client? O que gera um impacto financeiro nas organizações.

Nosso primeiro ambiente de data center

Em que momento vou estudar algum conteúdo ou até mesmo tirar uma certificação para Windows Client? Geralmente nosso tempo e dedicação para carreira de data center ou de banco de dados e developer.

É engraçado a gente sempre pular os conhecimentos no ambiente Client. Sendo que nosso primeiro contato com ambiente de data center é o desktop e o sistema operacional que vai embarcado naquele equipamento.

E qual a maior dificuldade das organizações? É fazer um planejamento financeiro para poder atualizar o seu parque de TI, no caso, o seu parque de desktop. Considere um cenário com Windows 7, a Microsoft lançou o Windows 8, o 8.1 e o 10, seguido por uma série de atualizações uma atrás da outra. 

Para isso, deve-se ter um investimento, ou seja, pagar por aquela atualização. Pode-se comprar todo o equipamento novo com licenciamento OEM (original equipment manufacturer). Trata-se de uma licença atrelada, em tese, fisicamente àquele equipamento. Quando o equipamento deixar de funcionar, a licença morre junto. Essa licença não permite migrar para um outro equipamento.

Por que tirar a certificação de Windows Client?

Mas, como você vai se organizar financeiramente para garantir que a sua empresa consiga fazer um upgrade e migrar licenças de desktop para uma versão mais nova? E fazer isso com melhor retorno sobre investimento e ainda economizando na parte de segurança, gestão, administração e, é claro, migração para ambiente em Nuvem.

A primeira forma como você pode ajudar a sua organização a migrar esse ambiente é estudando as funcionalidade e as tecnologias embarcadas em Windows Client.

A segunda é adquirir e usar a ferramentas que vão lhe ajudar a fazer esse levantamento mais específico para preparar um cenário muito mais estruturado de migração. Voltado exatamente para economia e utilização máxima de cada funcionalidade do próprio Client.

Mas no seu caso, como anda o seu planejamento e a priorização de Windows Client na sua carreira? Comenta lá no no nosso grupo do Telegram

Dicas de leitura

Confira aqui este texto que fala sobre priorizar os investimentos em ferramentas para acelerar a implantação do Windows. 

E aqui para saber sobre a certificação em Windows Client (Exame MD-100: Windows 10).

Boa leitura e bons estudos!

 

Ansiedade
  • cover play_arrow

    Tá Na Nuvem 167 – Vale a pena certificação de Windows Client?
    Vinícius Perrott

Tagueado como: , , .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.