play_arrow

Podcast

Como recrutar profissionais de tecnologia

Vinícius Perrott 2 de setembro de 2021 4794 18 3


Background
share close

Olá, tudo bem?

Você é profissional de Tecnologia da Informação e quer dar aquela turbinada na sua carreira e se destacar no mercado em qualquer processo seletivo?

Então, seja bem-vindo ao Shark IT PodCast, um conteúdo exclusivo desenvolvido por especialistas em recrutamento e seleção de profissionais de TI e para profissionais de TI.

A cada episódio, traremos dicas, cases de sucesso, habilidades, oportunidades e muito mais. Tudo isso para te ajudar a turbinar a sua carreira de TI e se destacar no mercado de trabalho.

Eu sou Vinicius Perrott seja bem-vindo ao Shark IT PodCast.

Vinicius Perrott: Neste episódio, eu conto com a participação da Laís Ventura, Tech Recruiter da Shark IT. Laís, seja muito bem-vinda à nossa minissérie.

Laís Ventura: Muito obrigada, Vinicius.

Perrott: Eu que agradeço. E a Laís já é veterana na gravação de podcast. Para quem está nos ouvindo e chegando agora na nossa minissérie, Laís gravou um episódio lá atrás falando sobre o futuro das férias. Eu vou deixar até no roteiro aqui desse episódio, na descrição, para você acompanhar o nosso bate-papo lá. Mas, Laís, já saíram as férias, agora vamos voltar para o mundo do trabalho. E o nosso tema aqui é superimportante. Como recrutar profissionais de tecnologia. Que dica é essa? Fale um pouquinho mais aqui para gente desse tema tão crucial.

Laís: Isso mesmo. Saindo das férias, daquele ambiente mais tranquilo, agora voltamos para a realidade de como atuar nesse recrutamento, Vinicius. Hoje o que acontece? O mercado de TI é um mercado muito requisitado. O pessoal acaba se disponibilizando com diversas vagas por dia. E recrutar esses profissionais é realmente difícil por conta da alta demanda do mercado. E como você atrai um profissional um perfil bom para a sua vaga, mas com tantas outras oportunidades para aquele perfil? Então o que eu falo? Para o processo seletivo aqui da Shark também, para os nossos clientes, que é bacana um processo seletivo ágil, que não tenham diversas etapas do processo. Porque concorda comigo que o profissional já está numa empresa, já está empregado. O que vai fazer ele brilhar os olhos é você realmente falar sobre a vaga, é você explicar a parte de benefícios, a parte de atuação, melhorias, projetos novos para realmente engajar aquele profissional. E não que tenha um processo seletivo longo. Aí o profissional acaba se perdendo durante esse processo e acaba perdendo o interesse também. A gente vê muitos profissionais Tech Recruiter já abordar com entrevistas, já abordar com processos, já… “Olha, vamos fazer uamá entrevista aqui, depois um teste, depois isso, depois aquilo”. Aí já perde o ânimo. É legal abordar com o intuito de mostrar o que você pode oferecer para aquele profissional que vai fazer ele largar o que ele está agora para engajar no novo desafio. Então eu falo que esse é o ponto-chave, é o processo seletivo ágil e claro, entendendo o momento profissional daquele candidato, porque nem sempre o candidato vai estar em um momento profissional bacana para entrar em um novo desafio. Ele pode até ter o perfil, mas o momento profissional não vai bater com o que a gente busca. Por isso que é importante explicar tudo o que você tiver, toda a descrição da vaga: atuação, se é in loco, se é home, se é CLT, se é PJ, se é cooperado. Então toda a descrição que você tiver da vaga e conseguir passar para aquele profissional de uma maneira tranquila, como se fosse mais um bate-papo mesmo, para atrair esse profissional para você e você, sim, conseguir engajar ele com entrevista técnica, atendo um papo. Tanto, fecha a proposta e aí já está dentro.

Perrott: Então você quer dizer que, através da agilidade, que é um tema tão utilizado no mundo da tecnologia, os métodos ágeis… então as empresas que recrutam de uma forma mais ágil, porém precisa, com todas essas dicas que você citou, até melhora o processo como um todo, para a empresa que está procurando o profissional e para os profissionais que ela está entrevistando e se relacionando. É isso?

Laís: É exatamente isso, Vinicius. Um processo seletivo ágil com a descrição da vaga, o profissional sabendo onde ele está se metendo, onde ele está, ele pode atuar, já fica bem mais fácil o engajamento tanto dele quanto da empresa. E seguir um processo seletivo ágil, porque aí você sabe que aquele profissional vai estar apto para a oportunidade que você está oferecendo. Ele vai aceitar os desafios, até porque ele já tem o contexto. Então vai estar bem mais tranquilo e aí o processo acaba fechando rapidamente.

Perrott: Então a gente pode estar falando que nesse processo ágil seria importante a gente ter o profissional de recrutamento, no caso onde é a sua especialidade, ele estar muito bem treinado e capacitado para que ele consiga conversar com aquele interlocutor. Afinal de contas, o profissional de TI é um profissional que tende a ser muito especializado, com diversas especializações, também tem isso. Então o profissional de recruta, quanto mais especializado também, ele mais ágil fica no processo seletivo?

Laís: Com certeza, porque quanto mais a gente sabe, eu falo, os palavrões da área técnica, quanto mais a gente entende o que aquele candidato faz e o que a vaga vai querer que ele faça, mais a gente consegue bater esse papo e identificar se esse profissional é apto ou não. Então, com certeza, um Tech Recruiter, um Recruiter IT tem que ter esse conhecimento técnico para avaliar aquele candidato para vaga, se ele está ok, se não, ou se realmente a atuação dele, onde ele está com um desafio muito bacana e a vaga não é o perfil, então, que ele está buscando. Tem que ter essa parte técnica para conseguir recrutar esses profissionais.

Perrott: Maravilha, então. Ficamos assim: a palavra desse episódio é agilidade. Você que está nos ouvindo seja ágil, melhore a sua capacidade de comunicação também, seja você recrutador ou profissional que está se relacionando com as empresas de recrutamento. Laís, muito brigado pela sua participação e até o próximo episódio.

Laís: Muito brigada, Vinicius.

Se você gostou desse bate-papo, vai gostar mais ainda de ver todas as vagas disponíveis no site da Shark IT.

Vá lá. Acesse o site: sharkit.com.br.

Você pode encontrar uma vaga que seja para o seu perfil.

O link você encontra na descrição desse episódio no seu agregador de podcast favorito ou lá no site do Papo Cloud junto com a transcrição completa e material complementar.

Você tem alguma pergunta ou comentário?

Mande aqui para a gente pelo Instagram, @sharkitconsultoria.

Até o próximo episódio.

E aí?
Tá Na Nuvem?

Convido você a comentar lá no nosso grupo do Telegram: bit.ly/papocloudtelegram.

  • cover play_arrow

    Como recrutar profissionais de tecnologia
    Vinícius Perrott

Tagueado como: .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Episódios relacionados
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.