play_arrow

keyboard_arrow_right

skip_previous play_arrow skip_next
00:00 00:00
playlist_play chevron_left
volume_up
chevron_left
play_arrow

Podcast

O futuro do home office na área de tecnologia

Vinícius Perrott 9 de setembro de 2021 4784 18 3


Background
share close

Olá, tudo bem?

Você é profissional de Tecnologia da Informação e quer dar aquela turbinada na sua carreira e se destacar no mercado em qualquer processo seletivo?

Então, seja bem-vindo ao Shark IT PodCast, um conteúdo exclusivo desenvolvido por especialistas em recrutamento e seleção de profissionais de TI e para profissionais de TI.

A cada episódio, traremos dicas, cases de sucesso, habilidades, oportunidades e muito mais. Tudo isso para te ajudar a turbinar a sua carreira de TI e se destacar no mercado de trabalho.

Eu sou Vinicius Perrott seja bem-vindo ao Shark IT PodCast.

Vinicius Perrott: Neste episódio, eu conto com a participação da Amanda Lima, Tech Recruiter da Shark IT. Amanda, seja muito bem-vinda à nossa minissérie.

Amanda Lima: Obrigada, Vinicius. É um prazer estar aqui hoje.

Perrott: Amanda, vamos falar sobre um tema superimportante que é o futuro do home office na área da Tecnologia da Informação. Conta aqui para gente que futuro é esse.

Amanda : Bom, esse assunto é muito bacana de se falar, porque antes mesmo da pandemia já tiveram muitas empresas que estavam adeptas ao home office, porém muitas também já estavam atuando no sistema híbrido, revezando entre a empresa e o trabalho em casa. Inclusive, na época foi um baita diferencial, bastante empresa se destacou por conta disso, porque eram minorias. Mas hoje, após a pandemia, muitas empresas estão adeptas ao home office e já não pretendem mais voltar com os profissionais in loco.

Perrott: Puxa, quer dizer então que a empresa que já tinha esse modus operandi, vamos dizer, de ter essa possibilidade de trabalhar em hom eoffice, ou até mesmo de trabalho misto, que nem toda empresa é 100% home office. Tem que ter alguma coisa local. Mas ela se destacou de uma forma diferente? Foi isso?

Amanda : Foi, super. Inclusive algumas empresas levaram o título de pioneiras nessa modalidade, porque não era uma coisa muito comum;

Perrott: Se discute muito, Amanda, em relação à tal da produtividade. Há de se convir que nem toda profissional tem uma condição ou um espaço reservado dentro das suas casas para poder executar a sua tarefa. Mas o que você tem visto em relação ao home office versus o trabalho presencial nas empresas? Existe um ganho de produtividade ou é a mesma coisa?

Amanda : Sim, eu acredito que a produtividade aumentou muito no trabalho home office devido à economia de tempo dos profissionais que já não precisam mais pegar um trânsito, conseguem acordar um pouquinho mais tarde para começar a jornada. Fica bem mais flexível, fica muito mais à vontade para todos.

Perrott: Amanda, outro panorama que eu achei interessante em relação ao home office, partindo do princípio que se eu estou na minha casa a empresa pode ser literalmente de qualquer lugar do mundo. Você tem visto esse tipo de contratação de profissionais em home office aqui no Brasil, por exemplo, para trabalhar em empresas fora do Brasil?

Amanda : Claro, acontece bastante. Os profissionais adoram, porque muitos referem ficar perto da família e tudo mais. E antes não teria essa possibilidade de mudar de país. É uma mudança muito grandiosa. Então hoje essa possibilidade de trabalhar de casa e atuar em qualquer lugar, em outro estado, fora do Brasil, que seja, ajuda muito, tanto para o profissional quanto para a empresa, porque antes o processo de recrutamento ficava muito limitado à própria cidade que a empresa ficava ou até mesmo a região. Então era bem mais limitado.

Perrott: Agora basicamente eu posso dizer que se o meu possível candidato que estou tentando contratar tem um computador e uma internet, ele é muito bem-vindo, obrigado.

Amanda : Isso mesmo. Independe de onde more.

Perrott: E, outra, eu tenho acompanhado algumas empresas que oferecem até o welcome kit com computador e internet. Às vezes nem isso é um fator limitante. Eu preciso só do conhecimento do profissional também.

Amanda : Verdade, só o conhecimento que hoje muitas empresas já enviam o kit completo. Nossa, perfeito.

Perrott: Amanda, outro ponto também que obviamente a gente tem que relatar é que são possíveis pontos negativos em trabalhar em home office. Obviamente, a ente tem que sempre ver os pontos positivos, mas existem alguns lugares, ou algumas funções ou alguns tipos de profissionais que não estão tão adaptados ou não estão favorecidos ao home office. Que pontos são esses?

Amanda : Um ponto negativo eu acredito que seja o contato superficial da equipe que no home office já não tem aquele cafezinho da tarde com o colega de trabalho, que conversa sobre um assunto aleatório. Então fica um vínculo muito mais superficial.

Perrott: Então ele é mais baseado na tarefa e entrega? Você tem o que fazer, você faz e, em tese, acabou a sua missão? Você já foi para outra?

Amanda : Exatamente. Faz o trabalho e, pronto, não tem aquele vínculo com os colegas. E isso é uma coisa que pega muito.

Perrott: Amanda, um ponto para a gente também fechar aqui o nosso episódio que eu achei interessante, qual o perfil das empresas que vem buscando mais e adotando mais esse perfil de home office? São empresas de pequeno, médio grande porte? Como você tem visto isso?

Amanda : A grande maioria é empresas de grande porte, mas do jeito que a situação está, que os profissionais estão preferindo realmente o trabalho home office devido à flexibilidade, à facilidade, então tem mais empresas aderindo e hoje é a grande maioria, sim. São poucas que ainda permanecem com o presencial.

Perrott: Então é isso. Fica aqui o nosso episódio. Amanda falou sobre o futuro do home office a área de tecnologia. Amanda, muito obrigado pela sua participação e até o próximo episódio.

Amanda : Imagina. Eu que agradeço, Vinicius.

Se você gostou desse bate-papo, vai gostar mais ainda de ver todas as vagas disponíveis no site da Shark IT.

Vá lá. Acesse o site: sharkit.com.br.

Você pode encontrar uma vaga que seja para o seu perfil.

O link você encontra na descrição desse episódio no seu agregador de podcast favorito ou lá no site do Papo Cloud junto com a transcrição completa e material complementar.

Você tem alguma pergunta ou comentário?

Mande aqui para a gente pelo Instagram, @sharkitconsultoria.

Até o próximo episódio.

E aí?
Tá Na Nuvem?

Convido você a comentar lá no nosso grupo do Telegram: bit.ly/papocloudtelegram.

  • cover play_arrow

    O futuro do home office na área de tecnologia
    Vinícius Perrott

Tagueado como: .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Episódios relacionados
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.