play_arrow

Podcast

Como empresas de tecnologia podem cooperar com o meio ambiente?

Vinícius Perrott 10 de novembro de 2021 4880 18 3


Background
share close

Olá, seja bem-vindo à série Papo HostDime Labs. Essa é uma iniciativa da HostDime Brasil.

Nosso objetivo é bater um papo com os especialistas das mais diversas áreas.

A cada episódio, um especialista responde as principais dúvidas do universo dos datacenters.

Leita também: Tecnologia e meio ambiente andam juntos? 6 ações da HostDime Brasil que provam que é possível

Nesse episódio, eu conto com a participação do Luciano Mendonça, auxiliar de manutenções. Luciano seja muito bem-vindo à nossa minissérie.

Luciano Mendonça: Eu agradeço pelo convite. O que a gente puder contribuir com a nossa fala aí.

Vinícius Perrott: Nesse episódio, a gente vai falar sobre a importância do meio ambiente. A gente sabe que a tecnologia da informação gera muitos resíduos. Então é importante a gente saber exatamente como cuidar depois que determinados equipamentos, determinados itens na área da tecnologia da informação, não tem mais serventia ao negócio. Conta aqui um pouquinho para a gente como é que a gente faz esse cuidado e essa manutenção para o ambiente ficar melhor com o que a gente produz aqui dentro da área de tecnologia.

Luciano: Vamos começar. Como a gente já está falando de tecnologia e a nossa empresa é isso: tecnologia. A gente começa falando sobre os resíduos. Que é o lixo. Os HDs que não tem utilidade mais, as placas. Então a gente faz a coleta desses lixos. Através disso, a gente tem uma parceria com a Secretaria da Ciência e Tecnologia de João Pessoa, a Secitec. E através disso, a gente também induz as pessoas que tragam nas suas casas. Os nossos colaboradores aqui, que tragam os seus lixos eletrônicos das suas casas, para a gente estar coletando e estar passando para essa Secretaria. E assim eles fazem o descarte corretamente. A gente tem uma parceria com eles. E a gente conta que eles façam esse descarte no seu local correto. Aí abrindo um pouco mais sobre isso, a gente começa falando sobre a nossa infraestrutura. Ela já é produzida com steel frame. O que é steel frame? É um tipo de material que é resistente e através disso também, ele tem menos peso. Então a gente tem steel frame e também tem as placas wonderwall, que isso faça com que tenha menos peso no solo. Então você evita atingir o lençol freático. Você evita várias questões na questão do solo. E sem contar que essas placas wonderwall, elas têm sete camadas. Elas também ajudam a diminuir o calor de fora para dentro da nossa infraestrutura. Então isso ajuda tanto no calor e também ajuda na questão de ruídos. A gente evita que o ruído se dissipe para os nossos vizinhos aqui à volta.

Perrott: Você está falando Luciano, que todo esse cuidado é para evitar também que o ruído de dentro vá para fora e o que tem de fora na rua, no entorno, também acaba entrando dentro do Data Center, atrapalhando toda a comunidade. Também isso faz parte de cuidar do meio ambiente. É isso?

Luciano: Exatamente. Falou certíssimo sobre essa questão. De não estar recebendo esse ruído de fora para dentro. E automaticamente também, a gente não está dissipando ruído para os nossos vizinhos. Seguindo mais em frente, a gente também tem alguns sistemas aqui que ajudam muito na questão do meio ambiente, que é a irrigação automatizada. Algum tempo atrás, a gente iniciou com a irrigação que já é normal para as pessoas, com a mangueira e tal. Mas nessa questão, a gente não conseguia ter um controle. Então automaticamente, tem também essa questão de estar reduzindo o gasto de água sem necessidade. Então com a automatização, a gente consegue monitorar a quantidade exata para a planta. E automaticamente, a gente consegue reduzir essa perda de água. E também otimiza a questão da mão de obra. A gente deixa de estar mais tempo com mangueira na mão, regando toda aquela planta e está fazendo outras coisas para as nossas necessidades aqui. Então isso é muito bacana. Seguindo adiante contigo, falamos também na nossa iluminação. A gente tem aqui, o primeiro projeto era colocar as lâmpadas de LED em qualquer local que tem por aqui, para que a gente possa ter uma economia de energia. Como vocês já sabem, as lâmpadas de LED trazem uma economia muito favorável. Então isso agrega muito na questão da economia da energia. Sem contar que o nosso projeto também de infraestrutura, a gente tem aqui nas duas laterais, leste/oeste. A gente tem janelas e tem esquadrias de vidraças. Para que a gente possa aproveitar a iluminação natural basicamente o dia todo. E isso ajuda muito na questão da economia da energia. E também a gente tem um jardim do lado oeste, que é aonde pega mais sol no período do dia. A gente tem um jardim que possa estar diminuindo o calor do sol que bate nas plantas. E automaticamente, a gente tem uma sensação de não estar só dentro de uma infraestrutura. Mas a gente tem um jardim muito bonito no nosso lado oeste. Então favorece muito nessa questão de estar diminuindo o calor dentro da nossa infraestrutura. E com isso, a gente deixa de gastar mais energia sem necessidade. Isso aí é muito importante para a gente. E também a gente tem uma coisa muito mais interessante, que estava falando sobre a proteção. A gente tem um sistema de combate a incêndio. A gente tem aqui um gás que é extremamente limpo. Ele é 100% limpo. Se houver um incêndio ou um princípio de incêndio dentro de um Data Center ou qualquer outro local que a gente tenha aqui dentro da nossa infraestrutura, esse gás vai ser dissipado e não vai afetar nenhuma pessoa aqui dentro. Ela tem 100% de proteção humana. Isso aí para a gente é muito importante e também não atinge o meio ambiente. É 0% atingir o meio ambiente com esse tipo de gás que é dissipado através de proteção ao combate a incêndio.

Perrott: Bacana. Então são vários itens que vocês possuem aqui no Data Center, que vão cuidar desde a própria estética – você citou o jardim – traz uma harmonização. Também traz um benefício visual para todo mundo que trabalha aqui.

Luciano: Exatamente.

Perrott: E em relação ao gás, evita que o gás também contamine o ambiente e faça a principal função, que é apagar o incêndio. Não contaminar o ambiente. É isso também?

Luciano: Exatamente. A ideia desse gás, principal, é acabar com o incêndio – se houver necessidade logicamente – o gás tem essa função para a gente. Vamos falar um pouco aqui do nosso sistema de climatização. A gente vai falar um pouco do steeler, que não é nada mais do que um ar condicionado de grande porte, para facilitar às pessoas que não tenham contato com steeler. A gente tem aqui um steeler que ele é conceituado com go green. O que é esse go green ? A gente trabalha no circuito dele hoje com praticamente dois mil litros de água, sendo que essa água, a gente tem uma perda muito pequena. Uma perda de um copo de água por mês. É quase nada. Só que a gente ainda tem um reaproveitamento – apesar de ser quase nada – com a questão da troca de calor. Quando a gente tem a troca de calor, essa troca de calor faz uma condensação. Então automaticamente vira em água também essa condensação. Então a gente já está com um projeto de reaproveitamento dessa condensação. Tipo armazenar ela para lavar uma calçada. Ou até mesmo para regar um jardim novamente. A gente já está com um projeto em andamento em relação a isso. Então é basicamente 0% de perda de água. E isso é uma coisa muito importante também para falar sobre meio ambiente. Então vamos mais adiante aí também. Falar um pouco sobre nós colaboradores. A gente tem aqui a criação há pouco tempo, mas que já vem ganhando espaço cada dia mais, sobre como a gente pode colaborar também. Então criamos aqui um grupo de bicicletas. Como que a gente contribui com isso? A gente acabou adotando essa coisa bacana de pedalar, que é um lazer também. Mas a gente acabou adotando. Temos aqui já vários colaboradores que vêm de bicicleta para o trabalho. Então já evita o seu carro. O seu carro já fica na garagem. E também tem a sua qualidade de vida. A gente já está até com um projeto de aumentar esse bicicletário, porque o povo aqui está adotando muito essa questão da bike. Então está muito bacana. E para fechar contigo aqui, eu vou falar um pouco sobre descartáveis. A gente quando entra HostDime, a gente já recebe um mimo muito lindo, que é uma caneca de louça. Então aqui a gente não usa descartáveis. Então tudo que a gente faz aqui, um alimento… quando você vai almoçar, você tem os talheres, você tem ali a sua caneca própria. Você evita 100% usar descartáveis. E também tem a questão do refeitório, que eu acho uma coisa muito bacana. A gente tem refeitório ao ar livre. Isso ajuda muito. Você não está num espaço fechado, que você não usou um ar condicionado. Você não usou uma lâmpada acesa. Você vai estar num jardim muito bonito, que é esse refeitório que a gente tem aqui. Então isso contribui muito com o meio ambiente. Eu espero ter falado alguma coisa bacana para vocês a respeito do meio ambiente. E que a gente possa cada dia mais contribuir com isso, seguindo em frente.

Você que nos acompanha tem alguma pergunta ou comentário?

Mande aqui para a gente pelo link hostdime.com.br/papocloud.

E outro conteúdo que complementa o nosso bate-papo é o Guia Definitivo para Otimizar Segurança de Dados da Sua Empresa com Cloud Computing.

O link está na descrição desse episódio e no seu agregador de podcast favorito ou lá no site do Papo Cloud.

Aqui a sua jornada será um sucesso!

Até o próximo episódio do Papo HostDime Labs.

 

E aí?
Tá Na Nuvem?

Convido você a comentar lá no nosso grupo do Telegram: bit.ly/papocloudtelegram.

  • cover play_arrow

    Como empresas de tecnologia podem cooperar com o meio ambiente?
    Vinícius Perrott

Tagueado como: .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.