play_arrow

Podcast

Recebi contra proposta e agora?

Vinícius Perrott 20 de julho de 2022 4825 18 3


Background
share close

Olá, seja bem-vindo à segunda temporada do SharkIt Podcast, o podcast que te ajuda a preparar e a se destacar no processo de seleção e recrutamento.

Eu sou o Vinícius Perrott e nesse episódio eu conto com a participação da Lais Ventura. Lais, seja bem-vinda mais uma vez aqui ao SharkIt Podcast.

Lais Ventura: Obrigada, Vinícius, sempre um prazer mais uma vez estar aqui com você.

Vinicius Perrott: Lais, um recadinho bem rapidinho aqui para quem está nos acompanhando.

Você que nos acompanha já sabe, a transcrição completa desse episódio está lá no site do Papo Cloud, assim como todas as dicas aqui compartilhadas, para facilitar o que?

A sua experiência, o link está na descrição do seu agregador de podcast favorito e não se esqueça de compartilhar esse episódio.

Bora lá, Lais, hoje o nosso tema é bem interessante e gera aquela dúvida, aquela pulga atrás da orelha. Quando alguém está participando de um processo de recrutamento e seleção, existe um momento de que pode acontecer a necessidade de pedir ou até mesmo naturalmente de receber a tal da contraproposta, e aí é fácil, difícil, explica aqui para a gente o que danado é isso?

Lais: A contraproposta é um assunto bem interessante e no mercado de tecnologia é uma prática que a gente vivencia muito, tem dois pontos nessa situação, a contraproposta às vezes ela vem de profissional quando… na verdade, quando o profissional entra em um processo seletivo, é porque ele está buscando um novo desafio, ele está buscando uma nova vivência, um novo time, algo que ele possa se desenvolver. Então, ele entendeu isso e ele participa desse processo seletivo a fim de ser aprovado e que ele esteja de acordo, então você só chega no fim do processo quando você realmente se identificou tanto com a parte técnica, mas quanto com o perfil, deu match ali com a empresa. E aí na hora do pedido de demissão, que eu falo que pedido não deve ser um pedido, deve ser uma… comunicar a empresa a sua saída, de uma forma, claro, sem fechar as portas, quando chega nesse momento, a empresa vem com contraproposta e aí tem o lado da empresa que hoje perfis que entendam do negócio e se você for abrir uma nova oportunidade hoje para a área de tecnologia, realmente vai demorar um tempo maior para você encontrar uma outra pessoa, então o seu custo vai ser maior, custo da empresa e tem o lado do profissional, que é, poxa, queria um novo desafio, mas agora eu fiquei tentado à uma nova proposta. E aí eu acho que o profissional, ele tem que olhar bem essa situação e entender se essa contraproposta veio por motivos de eu mereço realmente, a empresa está me valorizando por isso ou é para eu ficar mais um tempo e eu posso perder um grande desafio? Porque às vezes é coisa mínima de diferença falando em valor, mas se você for olhar o desafio, às vezes o seu crescimento profissional vai ser muito maior, do que às vezes você continuar aonde você já está. Agora já tem casos de profissional receber uma contraproposta, mas ele receber um projeto novo, ele vai atuar em uma outra área, aí é uma outra questão que também tem que ser avaliada. Porém, existem diversos casos e um caso que eu acho bem complicado é quando o profissional está há anos na empresa e há anos ele vem fazendo a mesma coisa, tendo a mesma pegada, chega em um novo processo, é aprovado, aí a empresa vem pensar em contraproposta, e aí que o profissional tem que avaliar, mas poxa, eu estava há tantos anos aqui.

Perrott: Eu já estava aqui.

Lais: Eu já estava aqui e ninguém me olhou e agora que eu recebi um outro desafio, eu estou sendo valorizado? Aí não é legal. Então, tem que ter esse olhar mais cuidadoso na contraproposta, não é simplesmente por valor, não é só questão de valor, é questão de olhar 360 graus, olhar o todo da situação e ver se realmente isso vai ser vantajoso para o profissional.

Perrott: Agora, Lais, uma coisa também que pode acontecer, você explicou super bem aqui, se for uma vaga nova para um projeto novo, algo que vai abrir novas habilidades, inclusive, habilidades essas que a gente já falou aqui no nosso episódio, na nossa minissérie, que e hard skills e soft skills, se for alguma coisa que vai te desafiar a melhorar essas habilidades, então não necessariamente uma contraproposta, ela é muito comparativa, porque já que você vai fazer uma coisa nova, então um desafio novo, é até diferente você receber uma contraproposta, porque não é mesma coisa, mas ainda está valendo.

Lais: Ainda está valendo.

Perrott: Pois é. Agora no sentido de que se eu recebi uma proposta, eu, poxa, eu não queria receber, mas eu queria pedir essa contraproposta, porque eu gosto da empresa, mas eu queria me dedicar um pouco mais tempo aqui e ser um momento de reconhecimento, será que está válido ainda um profissional falar assim, olha, recebi uma proposta, passei na seleção, mas eu queria continuar aqui dentro, é uma forma certa ou errada de um funcionário fazer esse tipo de pedido?

Lais: Está aí um probleminha eu acho, porque, na minha opinião, se o profissional, ele tem que buscar uma oportunidade no mercado, ele tem que buscar algo que ele… aqui eu passei, eu passei nesse processo seletivo, para essa oportunidade, e aí sim ele ir na empresa e falar, olha, o mercado está aquecido, eu estou sendo valorizado lá, se eu preciso buscar fora para ser valorizado dentro, é um problema. Eu não tenho um olhar positivo nessa questão. Agora, se você está buscando algo que você queira se desenvolver dentro da sua empresa, o melhor caminho é buscar uma conversa com o gestor, aí o que o profissional pode fazer é mostrar que ele está sendo valorizado no mercado, e que ele está recebendo oportunidades de trabalho, mas não vir com uma proposta, porque se você tem que buscar uma proposta no mercado para conseguir algo dentro, aí é complicado, aí a visão é invertida.

Perrott: Perfeito, maravilha, então fica bem claro aqui que nesse caso não é só pedir por pedir, avalie as circunstâncias, avalie todo o seu potencial de entrega também, e a gente sabe, se você vai ganhar mais, também você vai ser mais cobrado, mas que não seja um medo, que não seja uma restrição, que seja, no caso, um grande alerta, um grande objetivo, se você quer realmente entregar mais, então você merece mais, o conceito de inverte.

Lais: E que você se desenvolva, que o profissional, ele consiga ver nessas duas oportunidades o desenvolvimento profissional dele, porque é isso que vai fazendo até um link com o nosso outro podcast de experiência profissional, onde a gente falou da parte de idade, mas é nessas talvez mudanças de empresa ou novos projetos, novos desafios, que você cria a sua experiência profissional, que você tem outras vivencias. Então, vale a pena analisar as contras, mas com um olhar bem analítico de negócio e entender o que vais era vantajoso para você profissional, e não é só questão de valor, é de desenvoltura, é de experiência, é de expertise para o mercado de trabalho.

Perrott: Maravilha, Lais, queria muito agradecer a sua participação aqui no episódio e até o próximo episódio, viu?

Lais: Eu que agradeço, Vinícius, muito obrigada.

Perrott: Legal. Bem, e você que está aí nos acompanhando, o que que você está achando dessas dicas, achou legal?

Se você chegou até aqui, por que não compartilhar esse episódio nas suas redes sociais ou com um amigo, uma amiga, tenho certeza que se você gostou, ele também vai gostar. Queria agradecer a sua participação e até o próximo episódio do SharkIt Podcast.

Se você gostou desse bate-papo, vai gostar mais ainda de ver todas as vagas disponíveis no site da Shark IT.

Vá lá. Acesse o site: sharkit.com.br.

Você pode encontrar uma vaga que seja para o seu perfil.

Você tem alguma pergunta ou comentário?

Mande aqui para a gente pelo Instagram, @sharkitconsultoria.

E aí?
Tá Na Nuvem?

Convido você a comentar lá no nosso grupo do Telegram: bit.ly/papocloudtelegram.

  • cover play_arrow

    Recebi contra proposta e agora?
    Vinícius Perrott

Tagueado como: .

Avaliar a postagem
Episódio anterior
Episódios relacionados
Comentários (0)

Deixe um comentário

Seu e-mail não será divulgado.